Acessibilidade

Com apoio do Governo do Estado, irmãs indígenas conquistam medalha de ouro na Copa Manacapuru de Jiu-jitsu

Fundação Estadual do Índio destaca garra e determinação das irmãs da etnia Kokama, Ana Izabele e Ana Isabel, treinadas pelo pai

Com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Fundação Estadual do Índio (FEI), irmãs indígenas Ana Izabele, de 10 anos, e Ana Isabel, de 8 anos, conquistaram medalha de ouro, nas categorias Juvenil e Mirim, na Copa Manacapuru de Jiu-jitsu. A disputa aconteceu neste sábado (04/12), no município de Manacapuru (distante 98 quilômetros de Manaus). 

Para o diretor-administrativo da FEI, Vanderlei Alvino, a vitória marca a presença indígena em competições esportivas. “Através do esporte conseguimos alcançar diversos locais da sociedade e também levar a cultura indígena. A vitória das irmãs indígenas é um exemplo de garra e, também, de determinação, onde juntas podem levar consigo suas histórias e expandir o conhecimento da sociedade quanto à cultura dos povos indígenas”, disse.

Indígenas da etnia Kokama, Ana Izabele e Ana Isabel são treinadas pelo pai desde os 5 e 3 anos de idade, que também possui uma academia de jiu-jitsu em sua casa. Anteriormente, ambas já haviam conquistado medalha de ouro no Campeonato Amazon Gran Slam Jiu-jitsu Gi e NoGi, que aconteceu no mês de novembro deste ano.

Para a presidente da Associação Indígena Raimundo Mura, Zilda Mura, as meninas representam o início de muitos dos indígenas que irão levar as tradições de suas raízes para o Brasil e o mundo.

“A emoção é muito grande em saber que elas conquistaram mais posições de destaque dentro do esporte, as meninas estavam sem treinar durante o período que fomos afetados pela pandemia. Somente este ano retornaram aos treinos e competiram.  Somos gratos por todo apoio e incentivo que estamos recebendo”, agradeceu.

FOTOS: Divulgação/FEI